Como escolher e preparar o melhor bacalhau de Natal - Para Si

Em Portugal, Natal não é Natal sem um elemento à mesa. Vindo de terras longínquas, mas que faz parte da nossa tradição há mais de 500 anos, falamos do bacalhau que, nesta época, se quer que seja o melhor exemplar possível.

Vai receber a família nesta época especial? Sabe o que procurar para ter um bom bacalhau na noite de consoada? Siga estas dicas e encontre o melhor bacalhau.

O que ter em conta na escolha do bacalhau de Natal?

Bacalhau salgado seco

Nesta quadra, opte por bacalhau salgado seco. Existem opções congeladas bastante práticas, mas para uma refeição tão importante como a consoada vale a pena dedicar algum tempo para obter o melhor bacalhau.

Cura do bacalhau

Quanto maior o tempo de cura, melhor o sabor e o lascar do bacalhau. Será também preciso mais tempo de demolha e cuidado no processo de preparação, mas valerá a pena. Para ter um bacalhau de superior qualidade escolha um com pelo menos 4 meses de cura.

Cor e Aparência

Dê preferência ao bacalhau que apresente uma aparência uniforme, com o sal na quantidade certa, livre de fendas profundas e aspeto pegajoso.

Um bom bacalhau deve ter uma cor amarelo palha. Isto significa que o sal está bem entranhado e o bacalhau está bem seco. Esta tonalidade tende a desaparecer durante a cozedura.

Espécie e Origem

Entre os peixes comercializados como bacalhau, existem dois mais comuns: o gadus morhua que vive no Atlântico Norte e o gadus macrocelfalus, que vive no oceano Pacífico no Alasca. O mais tradicional e presente à mesa dos portugueses é o pescado no Atlântico. 

A origem principal do bacalhau que encontra no mercado com a cura portuguesa é a Noruega, mas há ainda outras duas origens, onde o bacalhau é também de grande qualidade: a Islândia e as Ilhas Faroé.

Calibre

O bacalhau varia de peso e, consoante o peso e tamanho, é classificado por calibres. Quanto mais pesado e de maior calibre, maiores e mais altas serão as suas postas. Dependerá de quantas pessoas tem à mesa, mas para mesas grandes escolha um bacalhau especial.

Conheça as diferentes designações do bacalhau e respetivos pesos para que não restem dúvidas no momento de compra:

CategoriaPesoDemolha
Bacalhau Especial> 3kg72h-96h
Bacalhau Graúdo2 até 3kg48-72h
Bacalhau Crescido1 até 2kg48h

Corte

Todos apreciamos bacalhau de diferentes formas e, para cada uma das receitas de bacalhau, há um corte ideal. O corte do bacalhau determina também o aproveitamento das suas partes, tornando-o um alimento económico.

Estes cortes dão origem a postas de espessuras diferentes e todas elas podem ser aproveitadas:

Lombos

Por norma, este é o corte mais suculento do bacalhau e que lasca mais facilmente. É utilizado em pratos típicos como o bacalhau assado, cozido ou grelhado, Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau com broa ou Bacalhau assado com batatas. Na noite de consoada, privilegie os lombos do bacalhau.

Postas médias ou finas

Este corte é ideal para pratos de bacalhau frito, cozido ou desfiado, como o Bacalhau de cebolada, Caldeiradas ou Bacalhau com natas.

Abas ou badanas

Se fizer pataniscas de bacalhau, utilize as abas na confeção da receita. Este corte é ideal para fritar em cebolada, cozer ou desfiar.

Rabos

Utilize esta peça para dar mais sabor aos acompanhamentos. Aproveite a água da cozedura para fazer arroz, massas ou sopas.

Dê uso a estas dicas e escolha o melhor bacalhau para o seu Natal. Nos supermercados Continente pode encontrar a maior variedade de bacalhau, para todas as ocasiões e receitas. Partilhe este artigo com os seus amigos para que todos possam ter o bacalhau perfeito para a sua consoada.

Este artigo foi desenvolvido em parceria com o Continente.